Caminhar Emagrece Tanto Quanto Correr?

on

Há muitas razões pelas quais as pessoas começam a correr: para ficarem magras, aumentar a energia ou para conseguir a esteira do lado da sua paquera na academia. Correr pode ajudar a manter o coração saudável, melhorar o humor e evitar doenças. Além disso, estudos recentes descobriram que correr é uma ótima forma de perder e manter peso. Mas pesquisas sugerem que ir a toda velocidade não é a única rota para ficar saudável, pois simplesmente caminhar emagrece da mesma forma.

Agora Caminhe (ou Corra?) – O Que Você Precisa Saber

Apesar de que, como sabemos, caminhar emagrece e pode oferecer muitos dos mesmos benefícios associados à corrida, pesquisas recentes sugerem que correr pode ser a melhor escolha para quem quer perder peso. As pessoas gastam mais do dobro de energia correndo do que caminhando, seja em uma pista de corrida ou na esteira. Então para uma pessoa de 80 quilos, correr queima cerca de 800 calorias por hora comparado a cerca de 300 calorias caminhando. E isso equivale a uma fatia grande de pizza (quem não ama as recompensas?).

Mais interessante, um estudo recente descobriu que mesmo quando corredores e pessoas que caminham gastam quantidades iguais de calorias (o que quer dizer que quem caminha passa mais tempo se exercitando e cobre mais distância), correr emagrece um pouco mais. Não apenas os corredores começaram o estudo mais magros que quem caminhava, eles também tinham mais chances de manter seu IMC e circunferência abdominal.

Outro estudo recente apoia a ideia de que correr emagrece mais que caminhar. Os pesquisadores descobriram que quem ia mais rápido tendia a ser mais saudável que quem ia devagar, mesmo se quem caminhava passasse mais tempo se exercitando. (É claro, é possível que pessoas menos saudáveis tendam a caminhar mais devagar em primeiro lugar.)

Essa diferença possivelmente pode ser explicada por outro estudo recente, que sugere que correr regula nossos hormônios do apetite melhor que caminhar. Após correr ou caminhar, os participantes foram convidados para um buffet, onde quem caminhava consumiu cerca de 50 calorias a mais do que eles tinham queimado e quem corria comeu quase 200 calorias a menos do que tinham queimado. Quem corria também tinha níveis mais altos do hormônio peptídeo YY, que pode suprimir o apetite.

No entanto, apesar de que caminhar emagrece menos do que correr, ainda é uma opção muito boa para sua saúde. Pesquisadores analisaram dados de estudos sobre corrida e caminhada e descobriram que pessoas que queimavam a mesma quantidade de calorias – independente de estarem correndo ou caminhando – viam os mesmos benefícios à saúde. Estamos falando de redução do risco de hipertensão, colesterol alto e diabetes, e saúde cardiovascular melhor.

Mas mesmo os atletas mais eficientes podem querer pensar duas vezes antes de correr o tempo todo. Correr coloca mais estresse no corpo e aumenta o risco de ferimentos no joelho, distensões nos tendões, e a temida canelite (que atinge até os corredores mais consistentes). E, é claro, algumas pessoas simplesmente preferem ir devagar.

Caminhe Por Aqui – Seu Plano de Ação

Quando correr está fora de questão, caminhar com pesos pode ser a melhor solução para ter um exercício energizado. Um estudo mostrou que caminhar a 6,5 km/h na esteira com pesos nos tornozelos e mãos era comparável a correr a 8 km/h sem o peso extra. (E se qualquer pessoa olhar bem, pesos de mão estão totalmente na moda agora, não é?)

Entediado de caminhar e correr? Há uma gama de outros exercícios, de yoga e pilates a levantamento de peso e bicicleta, e qualquer coisa no meio. Não tenha medo de tentar novas atividades para ficar feliz e saudável!

O Principal

Exercício aeróbico regular (em qualquer velocidade) pode te ajudar a manter o corpo saudável, além de melhorar o humor e níveis de energia. Mas não temos como esconder que caminhar emagrece metade das calorias de uma corrida. Correr também pode ajudar a controlar o apetite, então quem corre pode perder mais peso que quem caminha, não importa o quanto quem caminha ande.

Ainda assim, correr não é pra todos, e ir a toda velocidade pode aumentar o risco de ferimentos. Adicionar pesos de mão e tornozelo pode ajudar a aumentar a intensidade enquanto se mantém um ritmo mais lento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *